Nublado a parcialmente nublado com chuva fraca

Máxima: 25 ºC
Mínima: 16 ºC

Navegando: Indisponível

Coluna 120: Pingos de história do Império Brasileiro (7)
Publicada dia 16 de Fevereiro de 2008

Pingos de história do Império Brasileiro (7)

No ano de 1853, as notícias mais recorrentes foram às da Guerra da Criméia, conflito iniciado no ano anterior e terminado em 1856, na península da Criméia, no mar Negro, e nos Bálcãs, entre a Rússia e o Império Turco-Otomano, atual Turquia, o qual recebeu o apoio militar e diplomático de uma aliança formada pelo Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte, França e Piemonte. Nomes de locais onde ocorreram os embates, como Sebastopol, acabaram sendo usados depois para batizar rebentos nascidos no interior da Província de Pernambuco. Embora a guerra tenha-se iniciado, como já dito, no ano de 1854, a primeira menção ao conflito só veio à luz no dia seis de junho de 1853. Na verdade, os russos queriam expandir sua influência sobre a região, porém resolveram abandonar as áreas conquistadas quando a Áustria ameaçou, também, de entrar na guerra. Os nomes exóticos dos locais onde se desenrolaram os conflitos acabaram caindo no gosto do povo e, por isso, comerciantes de tecidos do Recife começaram a batizar os novos panos recebidos da Europa com o nome das batalhas mais famosas. Na atualidade, este fenômeno parece que se alastrou pelo País inteiro de modo que comunidades carentes e sem infra-estrutura são, geralmente, batizadas com nomes de países que passaram ou que passam por conflitos armados, como no caso da comunidade “Iraque” em São Bento do Una, ou da comunidade “Coréia” no Recife. Também, costuma-se denominar as comunidades pobres com nomes de novelas famosas de televisão, especialmente as da Rede Globo.

Antigamente, não havia o chamado “diário oficial”. Os atos de governo eram publicados em determinados jornais, de modo que na Província de Pernambuco o Diário de Pernambuco ostentava as armas do império no seu frontispício, dando a impressão de que era realmente um periódico oficializado e como vimos em ensaios anteriores, durante a década de 40 dos anos 1800, por ocasião da chamada revolução Praieira, o Diário defendeu os valores constitucionais do Império, respondendo todos ataques desferidos pelo “Diário Novo” que era o veículo dos revolucionários da Rua da Praia. Em sendo assim, foi publicada, em maio de 1853, a auspiciosa notícia da elevação do “Lugar de São Bento” à categoria de freguesia ou distrito, com o nome de São Bento, e pertencente à vila de Santo Antônio de Garanhuns. Ainda nesse ano, era possível aos mais abastados tirar seus retratos para a posteridade. Assim é que, no Recife, mais exatamente na Rua do Queimado n. 14, que hoje se chama Duque de Caxias, os mais abastados podiam tirar seus retratos para a posteridade. Esses retratos eram tirados com um aparelho chamado daguerreótipo. A título de curiosidade, tal aparelho foi inventado pelo físico e pintor francês Louis Jacques-Mandé Deguerre (1787-1851), por volta do ano de 1839. O processo de obtenção de imagens fotográficas era realizado por ação do vapor de iodo sobre uma placa de prata sensibilizadora, após vários minutos de exposição sob luz forte, revela-se a imagem que é então fixada com hipossulfito de sódio. Como se verifica, a novidade francesa levou mais de uma década para chegar até nós.

A seguir, vamos transcrever alguns anúncios e comunicados publicados naqueles anos tão distantes, mas que na sua essência retratam o modus vivendi da nossa gente numa sociedade vergonhosamente escravocrata com as benesses da igreja oficial e das leis imperiais. Nesse sentido, a frustrada Revolução Praieira de 1848 pugnava por uma sociedade mais justa, democrática e nacionalista em termos de comércio interno, com a extinção do trabalho escravo e a proclamação de uma república. Vamos aos anúncios e comunicados: 1) “CEMITÉRIO EM SANTO AMARO - Illmo. Sr. José Pires Ferreira – em resposta ao que me comunicou V. S. acerca da cessão do terreno que tem de ser desmembrado do meu sítio em Santo Amaro para o cemitério, e cuja desapropriação está V.S. autorizado a contratar, apresso-me em declarar-lhe que não ponho dúvida alguma em fazer a cessão do mencionado terreno gratuitamente, e de assinar a competente escritura se for preciso; entretanto pode o engenheiro da obra trabalhar em dito terreno e dele já dispor, pois que desde agora me considero dele desapossado; faço esta cessão pela utilidade pública que resulta do dito cemitério. Sou com estima de V. S. venerador, atento e criado. Norberto Joaquim José Guedes”.   Naquele tempo (1850), era costume que as pessoas de posses optassem por ser sepultadas nas paredes ou no chão das igrejas. Dizem os historiadores que com o tempo a situação ficou insustentável com a fedentina produzida pelos cadáveres em decomposição. As igrejas, então, tornaram-se lugares lúgubres e fedegosos, sendo que foi necessária a intervenção da autoridade secular proibindo o sepultamento em templos. Os escravos eram sepultados em cemitérios próprios e os pobres, especialmente os rurícolas, em seus próprios sítios. No caso do cemitério de Santo Amaro, na zona central do Recife, devemos louvar a atitude de Norberto Guedes que desmembrou o seu sítio na mesma localidade, a título gratuito, para a construção do hoje famoso cemitério. Foi um ato louvável de desprendimento desse homem ao fazer a declaração pública de cessão do terreno, considerando-se desde então desapossado, independentemente da escritura pública de cessão a título gratuito. Em agradecimento, o Recife deveria ter homenageado esse generoso homem com pelo menos um nome de rua. Procedemos a várias combinações com o nome de Norberto Joaquim José Guedes e não encontramos nenhuma rua em seu louvor. A indignação não nos toma conta, pois já estamos acostumados que “isto é Brasil” onde nem sempre quem merece é homenageado com nome de logradouro público.

2) “VINHO, CERVEJA E AGUARDENTE – Christophers & Donaldson, na Rua do Trapiche da alfândega velha, casa n. 49, têm para vender cerveja em barricas, vinda de Londres, vinhos do Porto, Tenerife, e outros autores, aguardente de França, tanto em cascos como em garrafas, tudo das melhores qualidades que vem a esta província, e tudo para as pessoas de bom gosto”. Este anúncio é de 1845. De notar que estas barricas de cervejas londrinas já eram disputadas a peso de ouro, pelos fabricantes de cachaça que as utilizavam para transporte de sua produção. Os cascos eram as pipas de madeira, bojudas, com aduelas fixadas por arcos de metal.  3) “MULHER DE BONS COSTUMES – Uma mulher de bons costumes se encarrega da criação de meninos de peito, impedidos e desimpedidos, e também recebe meninos para se desmamarem, no que promete esmerar-se: quem de seu préstimo se quiser utilizar, dirija-se a Rua da Palma, n. 17. Na mesma casa vendem-se 3 varas de bico largo com ramagem e recortes fundos; um berço ainda em bom uso; tudo por preço cômodo”. Este anúncio foi publicado em 1846 e quer nos parecer que a “mulher de bons costumes” era a proprietária daquilo que hoje se chama creche ou berçário e a dona aproveitou o texto para anunciar a venda de um berço ainda em condições de uso. 3) “PASTA FLOR DE LIRIO – Esta superior preparação, até hoje a melhor conhecida para limpar os dentes e conserva-los sempre alvos e livres da pedra e da cárie, conserva a fortificação das gengivas, e evita a acumulação do tártaro pelo seu uso regular; custa cada boião 2 mil réis, e vai envolto no competente receituário: vende-se no escritório de Novaes & Companhia, na Rua do Trapiche, n. 34”. Este milagroso produto dental foi anunciado em 1849 e tinha tantas propriedades que poucos cremes dentais de hoje possuem. A propaganda geralmente tem o condão de enaltecer qualidades que às vezes o produto não tem. Ainda bem que a partir de 1991 entrou em vigor, com grande atraso em relação a outros países, o nosso Código de Defesa do Consumidor            (Lei 8.078, de 11/09/1990) que pune a chamada publicidade enganosa (art. 60). 4) “PIANOS DE JACARANDÁ – Acabam de chegar, pelo último navio, 3 fortes pianos de patente London, todos de jacarandá e feitos com muito bom gosto, pelos melhores autores, Colard & Colard; bem como aço de Milão e estanho; Rua do Vigário, armazém n. 4, de Rothe & Beudolac”. Este anúncio é de 1847 e dá para se imaginar o peso desse instrumento feito de jacarandá provavelmente do sul da nossa Bahia. 5) “ADMIRÁVEIS NAVALHAS DA CHINA – Tem a vantagem de cortar o cabelo sem ofensa da pele, deixando a cara parecendo estar na sua brilhante mocidade. Este aço vem exclusivamente da China, e só nele trabalharam dois dos melhores e mais abalizados cuteleiros da nunca excedida e rica cidade de Pequim, capital do Império da China. N.B. – É recomendado o uso destas navalhas maravilhosas, por todas as sociedades das ciências médico-cirúrgicas, tanto da Europa como da América, Ásia e África, não só para prevenir moléstias da cútis; mas também como um meio cosmético”. 6) “ESCRAVOS LADINOS – Quem tiver escravos ladinos e os queira vender para Engenho procure no Botequim da Rua do Rosário, casa térrea nº. 144 que achará com quem tratar”. Este anúncio de escravos espertinhos para trabalho duro em engenho e açúcar é de 1826. 7) “DITA DITA DE DITO – Júri de sentença do Tribunal dos Jurados: denúncia de Francisco Lopes Lima contra Eustáquio Lourenço Rodrigues Pereira, por crime de furto, e viciar a escrituração dos livros da Irmandade de que era Escrivão; o júri não achou matéria para acusação. Dita dita de dito contra o dito, por crime de furto de duas roupas da mesma Irmandade; o júri não achou material para acusação”. Esta notícia é de 1840, tempo em que para não se repetir nomes abusava-se do artifício do uso das palavras “dito” e “dita”. 8) “FURTARAM O ANELÃO - “No dia três do corrente mês, na guarda principal, perdeu-se, ou furtaram do dedo de um dos indivíduos, quando dormia, que estava de guarda no mesmo lugar um anelão de ouro, todo lavrado, e com dois corações unidos dentro do círculo posto no lugar em que ele bota a firma: pede-se a quem for oferecido que não o compre; pois pretende-se proceder contra a pessoa  em cujo se achar. Assegura-se que ao Sr. Que está de posse do dito anelão, que se o restituir se lhe guardará segredo da graça, ou antes da fraqueza, em que caiu. A pessoa que trocar o referido anelão nesta Tipografia receberá 4 mil réis de gratificação”. Este confuso e ao mesmo tempo gozado anúncio foi publicado em 1839. 9) “FUGIU JOANA, A CRIOULA – Fugiu uma negra crioula por nome Joana, velha, baixa, cara comprida, cabelos ralos, seca de corpo, levou vestido no corpo, dois vestidos, um de chita azul por cima do outro de chita também azul, e quando ela foge costuma ir para o Fragoso, que de lá tem vindo purgada: os empreendedores levem-na a Casa do Quartel mestre dos municipais; na Rua Direita aa parte do nascente. D. 50 que serão recompensados”.  Este anúncio é do ano de 1837 e a palavra que deixa dúvida é “purgada” pois a bem da verdade não sabemos qual o sentido que tinha naqueles distantes anos. O verbo purgar tem vários sentidos, senão vejamos: tornar puro, livrar-se de impurezas, depurar, purificar; livrar de pessoas ou coisas. Também, pode ser: remir culpa, expiar pecados; ministrar purgativo; expelir secreção, especialmente pus. Assim, deixamos com o leitor para que tire a sua conclusão a respeito da expressão: “(...) que de lá tem vindo purgada”.

 

...

 

(Na próxima semana daremos continuidade a estes pingos de história)

 

Notas:

1)      Para entrar em contato com o autor, utilize o e-mail orlandocalado@yahoo.com.br  que terá resposta.

2)      Para ver fotos de pessoas de hoje e de ontem e da cidade de S. Bento do Una acesse o seguinte sítio www.orlandocalado.flogbrasil.terra.com.br e deixe o seu comentários. Devemos ter mais de duas centenas de fotos postadas.

 

 

Pau Amarelo PE 16 de fevereiro de 2008

Orlando Calado é bacharel em direito.


Colunas anteriores:

Coluna 246 - 16/07/2017 - Cronologia de São Bento do Una,1ª Edição
Coluna 245 - 10/05/2017 - Pleito de gratidão a Dirceu e Ludgero
Coluna 244 - 14/04/2017 - Historia Municipal - A morte do mesário eleitoral
Coluna 243 - 13/02/2017 - Treze anos sem Sebastião Soares Cintra
Coluna 242 - 27/01/2017 - Injustiça imperdoável
Coluna 241 - 22/01/2017 - Sem memória não há História
Coluna 240 - 18/12/2016 - Felipe Manso, o prefeito que não foi
Coluna 239 - 05/12/2016 - Osvaldo Maciel, um grande Homem
Coluna 238 - 30/11/2016 - O Açude do Doutor Olavo
Coluna 237 - 24/11/2016 - São Bento, vida política e administrativa em 1930
Coluna 236 - 20/06/2016 - Cadê as coisas que deixei?
Coluna 235 - 14/06/2016 - O Sindicato Pastoril de S. Bento, um avanço para a época
Coluna 234 - 07/06/2016 - Esmeraldino Bandeira, um esquecido na nossa História
Coluna 233 - 05/06/2016 - Tributo ao prefeito Manoel Cândido, de São Bento
Coluna 232 - 29/05/2016 - Agamenon Magalhães e São Bento do Una
Coluna 231 - 11/09/2015 - As meretrizes da São Bento dos velhos tempos
Coluna 230 - 30/04/2015 - Por que nossa data magna municipal é o 30 de abril?
Coluna 229 - 06/02/2015 - Rodolfo Paiva, um são-bentense honorário
Coluna 228 - 03/01/2015 - Breve História de Adelmar Paiva e do seu tempo (6)
Coluna 227 - 02/01/2015 - Monsenhor José de Anchieta Callou
Coluna 226 - 27/12/2014 - Padre Joaquim Alfredo, um mártir
Coluna 225 - 19/09/2014 - Breve História de Adelmar Paiva e do seu tempo (5)
Coluna 224 - 29/07/2014 - Breve História de Adelmar Paiva e do seu tempo (4)
Coluna 223 - 15/07/2014 - Breve História de Adelmar Paiva e do seu tempo (3)
Coluna 222 - 23/06/2014 - Breve História de Adelmar Paiva e do seu tempo (2)
Coluna 221 - 05/06/2014 - Breve História de Adelmar Paiva e do seu tempo (1)
Coluna 220 - 15/05/2014 - Uma pena: Clávio de Melo Valença nos deixou
Coluna 219 - 13/05/2014 - O que foi feito de nossas coisas antigas? Cadê?
Coluna 218 - 12/05/2014 - Zé Bico e Beni, dois são-bentenses notáveis
Coluna 217 - 09/04/2014 - Cícero Romão Batista, o santo do Nordeste do Brasil
Coluna 216 - 17/10/2013 - É hora de o político abrir os olhos
Coluna 215 - 02/10/2013 - A elite reacionária de ontem, de hoje e de sempre
Coluna 214 - 06/09/2013 - Custa caro um deputado federal pernambucano
Coluna 213 - 18/07/2013 - É duro ser um brasileiro comum, pagador de impostos
Coluna 212 - 14/07/2013 - Considerações várias sobre uma pequena cidade
Coluna 211 - 29/06/2013 - Lêucio Mota, estadista são-bentense do Una
Coluna 210 - 27/06/2013 - Nobre é a missão do professor
Coluna 209 - 21/06/2013 - Este País parece que não tem jeito mesmo
Coluna 208 - 16/06/2013 - Apolônio Sales, estadista brasileiro, o homem que tirou o Nordeste das trevas
Coluna 207 - 06/06/2013 - Registro histórico da posse de Gilvan Lemos na APL
Coluna 206 - 14/05/2013 - A grande seca de 2013
Coluna 205 - 06/05/2013 - Quebra de sigilo bancário
Coluna 204 - 30/04/2013 - Datas notáveis de São Bento do Una, edição revista e ampliada
Coluna 203 - 26/04/2013 - E as bombas da maratona de Boston?
Coluna 202 - 16/01/2012 - Enaltecendo São Bento e a Festa dos Santos Reis
Coluna 201 - 30/04/2011 - São Bento do Una: 151 anos de governo próprio
Coluna 200 - 05/04/2011 - Padre João Rodrigues, o semeador de templos
Coluna 199 - 15/10/2010 - O espírito pioneiro são-bentense do Una (1)
Coluna 198 - 22/07/2010 - Jackson do Pandeiro, o ritmista virtuoso
Coluna 197 - 13/04/2010 - Datas notáveis de S. Bento do Una desde os primórdios ao centenário de sua emancipação política em 1960
Coluna 196 - 28/02/2010 - Legado à posteridade
Coluna 195 - 22/01/2010 - Considerações finais a respeito do Governo Provisório da República de 1889
Coluna 194 - 30/12/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (37) (Fim da Série)
Coluna 193 - 20/12/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (36)
Coluna 192 - 09/12/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (35)
Coluna 191 - 02/12/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (34)
Coluna 190 - 25/11/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (33)
Coluna 189 - 18/11/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (32)
Coluna 188 - 11/11/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (31)
Coluna 187 - 04/11/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (30)
Coluna 186 - 27/10/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (29)
Coluna 185 - 21/10/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (28)
Coluna 184 - 14/10/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (27)
Coluna 183 - 07/10/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (26)
Coluna 182 - 30/09/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (25)
Coluna 181 - 23/09/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (24)
Coluna 180 - 16/09/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (23)
Coluna 179 - 09/09/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (22)
Coluna 178 - 02/09/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (21)
Coluna 177 - 26/08/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (20)
Coluna 176 - 19/08/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (19)
Coluna 175 - 12/08/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (18)
Coluna 174 - 05/08/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (17)
Coluna 173 - 29/07/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (16)
Coluna 172 - 22/07/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (15)
Coluna 171 - 16/07/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (14)
Coluna 170 - 08/07/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (13)
Coluna 169 - 01/07/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (12)
Coluna 168 - 25/06/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (11)
Coluna 167 - 17/06/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (10)
Coluna 166 - 09/06/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (9)
Coluna 165 - 27/05/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (8)
Coluna 164 - 17/05/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (7)
Coluna 163 - 29/04/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (6)
Coluna 162 - 22/04/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (5)
Coluna 161 - 15/04/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (4)
Coluna 160 - 08/04/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (3)
Coluna 159 - 01/04/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (2)
Coluna 158 - 21/03/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (1)
Coluna 157 - 25/02/2009 - S. Bento do Una, um breve passeio ao longo de sua história (14) (final da série)
Coluna 156 - 22/11/2008 - S. Bento do Una, um breve passeio ao longo de sua história (13)
Coluna 155 - 08/11/2008 - S. Bento do Una, um breve passeio ao longo de sua história (12)
Coluna 154 - 25/10/2008 - S.Bento do Una, um breve passeio ao longo de sua história (11)
Coluna 153 - 18/10/2008 - São Bento do Una, um breve passeio ao longo de sua história (10)
Coluna 152 - 11/10/2008 - S. Bento do Una, um breve passeio ao longo de sua história (9)
Coluna 151 - 27/09/2008 - S. Bento do Una, um breve passeio ao longo de sua história (8)
Coluna 150 - 20/09/2008 - S. Bento do Una, um breve passeio ao longo de sua história (7)
Coluna 149 - 13/09/2008 - São Bento do Una, um breve passeio ao longo de sua história (6)
Coluna 148 - 06/09/2008 - S. Bento do Una, um breve passeio ao longo de sua história (5)
Coluna 147 - 30/08/2008 - São Bento do Una, um breve passeio ao longo de sua história (4)
Coluna 146 - 24/08/2008 - São Bento do Una, um breve passeio ao longo de sua história (3)
Coluna 145 - 16/08/2008 - São Bento do Una, um breve passeio ao longo de sua história (2)
Coluna 144 - 09/08/2008 - São Bento do Una, um breve passeio ao longo de sua história (1)
Coluna 143 - 02/08/2008 - O presídio de Fernando de Noronha e seu regime jurídico no final do Império (3/3)
Coluna 142 - 19/07/2008 - O presídio de Fernando de Noronha e seu regime jurídico no final do Império (2/3)
Coluna 141 - 12/07/2008 - O presídio de Fernando de Noronha e seu regime jurídico no final do Império (1/3)
Coluna 140 - 05/07/2008 - As comarcas de Pernambuco, do Sertão e do Rio de S. Francisco e a separação da última da província de Pernambuco
Coluna 139 - 28/06/2008 - A extraordinária figura de Dom João VI, primeiro e único rei do Brasil
Coluna 138 - 21/06/2008 - Pingos de história do Império Brasileiro (25) - O trabalho servil e as suas conseqüências danosas que fazem do Brasil um país de povo pobre
Coluna 137 - 14/06/2008 - Pingos de história do Império Brasileiro (24) - A abolição da escravatura no Ceará, a povoação de Boa Viagem do Recife entre outros assuntos
Coluna 136 - 07/06/2008 - Pingos de história do Império Brasileiro (23) - A crise no abastecimento de água no Recife. Relatório do governo: as chuvas diminuem a bandidagem
Coluna 135 - 31/05/2008 - Pingos de história do Império Brasileiro (22) - O projeto de lei de Joaquim Nabuco abolindo a escravidão e a chamada Lei Saraiva que restringiu o voto
Coluna 134 - 24/05/2008 - Pingos de história do Império Brasileiro (21) - Ainda os efeitos da grande seca na Vila de S. Bento; o Ginásio Pernambucano em 1879
Coluna 133 - 17/05/2008 - Pingos de história do Império Brasileiro (20) - Os efeitos da grande seca em São Bento
Coluna 132 - 10/05/2008 - Pingos de história do Império Brasileiro (19) - A corrupçao na vida pública; o espírito empreendedor do barão de Mauá
Coluna 131 - 03/05/2008 - Pingos de história do Império Brasileiro (18) - A terrível seca dos três sete
Coluna 130 - 26/04/2008 - Pingos de história do Império Brasileiro (17) - A inauguração do palacete da rua da Aurora enquanto a febre amarela grassa em Pernambuco
Coluna 129 - 19/04/2008 - Pingos de história do Império Brasileiro (16) - A revolução nas comunicações e o desfecho da Questão Religiosa
Coluna 128 - 12/04/2008 - Pingos de história do Império Brasileiro (15) - Dom Vital e a Questão Religiosa
Coluna 127 - 05/04/2008 - Pingos de história do Império Brasileiro (14) - A Lei do Ventre Livre
Coluna 126 - 29/03/2008 - Pingos de história do Império Brasileiro (13) - A Guerra do Paraguai
Coluna 125 - 22/03/2008 - Pingos de história do Império Brasileiro (12) - A Guerra do Paraguai
Coluna 124 - 15/03/2008 - Pingos de história do Império Brasileiro (11)
Coluna 123 - 08/03/2008 - Pingos de história do Império Brasileiro (10)
Coluna 122 - 01/03/2008 - Pingos de história do Império Brasileiro (9)
Coluna 121 - 23/02/2008 - Pingos de história do Império Brasileiro (8)
Coluna 120 - 16/02/2008 - Pingos de história do Império Brasileiro (7)
Coluna 119 - 09/02/2008 - Pingos de história do Império Brasileiro (6)
Coluna 118 - 02/02/2008 - Pingos de história do Império Brasileiro (5)
Coluna 117 - 26/01/2008 - Pingos de história do Império Brasileiro (4)
Coluna 116 - 19/01/2008 - Pingos de história do Império Brasileiro (3)
Coluna 115 - 11/01/2008 - Pingos de história do Império Brasileiro (2) O Diario de Pernambuco na História do Brasil
Coluna 114 - 29/12/2007 - Pingos de história do Império Brasileiro (1) - A chegada ao Brasil da família imperial portuguesa
Coluna 113 - 22/12/2007 - A Bíblia, um livro de inúmeras histórias
Coluna 112 - 15/12/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (34)
Coluna 111 - 08/12/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (33)
Coluna 110 - 01/12/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (32)
Coluna 109 - 24/11/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (31)
Coluna 108 - 17/11/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (30)
Coluna 107 - 10/11/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (29)
Coluna 106 - 03/11/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (28)
Coluna 105 - 27/10/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (27)
Coluna 104 - 20/10/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (26)
Coluna 103 - 13/10/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (25)
Coluna 102 - 06/10/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (24)
Coluna 101 - 29/09/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (23)
Coluna 100 - 23/09/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (22)
Coluna 99 - 15/09/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (21)
Coluna 98 - 08/09/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (20)
Coluna 97 - 01/09/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (19)
Coluna 96 - 25/08/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (18)
Coluna 95 - 18/08/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (17)
Coluna 94 - 11/08/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (16)
Coluna 93 - 04/08/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (15)
Coluna 92 - 28/07/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (14)
Coluna 91 - 21/07/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (13)
Coluna 90 - 14/07/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (12)
Coluna 89 - 07/07/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (11)
Coluna 88 - 30/06/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (10)
Coluna 87 - 23/06/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (9)
Coluna 86 - 16/06/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (8)
Coluna 85 - 09/06/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (7)
Coluna 84 - 02/06/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (6)
Coluna 83 - 26/05/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (5)
Coluna 82 - 19/05/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (4)
Coluna 81 - 12/05/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (3)
Coluna 80 - 05/05/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (2)
Coluna 79 - 28/04/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (1)
Coluna 78 - 21/04/2007 - A Guarda Nacional da Vila e Município de São Bento
Coluna 77 - 14/04/2007 - Fatos & gente são-bentenses das décadas de 1930 e 1940
Coluna 76 - 07/04/2007 - Uma breve visita à nossa querida São Bento do Una
Coluna 75 - 31/03/2007 - Planejamento familiar no Brasil: uma necessidade inadiável
Coluna 74 - 24/03/2007 - Hoje, meio século de uma tragédia são-bentense
Coluna 73 - 17/03/2007 - "Eu vi o mundo... Ele começava no Recife"
Coluna 72 - 10/03/2007 - Reminiscências de um menino de São Bento (7)
Coluna 71 - 03/03/2007 - Um fazendeiro são-bentense do século XIX
Coluna 70 - 24/02/2007 - O Rio de Janeiro será sempre o Rio de Janeiro
Coluna 69 - 17/02/2007 - Gilvan Lemos, simplesmente um escritor
Coluna 68 - 10/02/2007 - A Great Western da minha meninice: uma pequena história
Coluna 67 - 03/02/2007 - A declaração universal dos direitos humanos
Coluna 66 - 27/01/2007 - A revolta da chibata
Coluna 65 - 20/01/2007 - A revolta da vacina
Coluna 64 - 13/01/2007 - Apolônio Sales, um estadista de grande valor
Coluna 63 - 06/01/2007 - 2006: Um ano de saldo positivo apesar do pouco crescimento econômico
Coluna 62 - 30/12/2006 - A "Batalha da Borracha", um episódio esquecido da história do Brasil
Coluna 61 - 23/12/2006 - Alguns suicidas famosos (2/2)
Coluna 60 - 16/12/2006 - Alguns suicidas famosos (1/2)
Coluna 59 - 09/12/2006 - Aumentando os conhecimentos gerais (16)
Coluna 58 - 02/12/2006 - Aumentando os conhecimentos gerais (15)
Coluna 57 - 25/11/2006 - Congresso Nacional perdulário, povo paupérrimo
Coluna 56 - 18/11/2006 - Aumentando os conhecimentos gerais (14)
Coluna 55 - 15/11/2006 - Aumentando os conhecimentos gerais (13)
Coluna 54 - 14/10/2006 - Modos de falar diferentes no Brasil e em Portugal (4/4)
Coluna 53 - 07/10/2006 - Modos de falar diferentes no Brasil e em Portugal (3/4)
Coluna 52 - 30/09/2006 - Modos de falar diferentes no Brasil e em Portugal (2/4)
Coluna 51 - 23/09/2006 - Modos de falar diferentes no Brasil e em Portugal (1/4)
Coluna 50 - 16/09/2006 - Aumentando os conhecimentos gerais (12)
Coluna 49 - 09/09/2006 - Aumentando os conhecimentos gerais (11)
Coluna 48 - 02/09/2006 - Aumentando os conhecimentos gerais (10)
Coluna 47 - 26/08/2006 - Aumentando os conhecimentos gerais (9)
Coluna 46 - 08/07/2006 - Aumentando os conhecimentos gerais (8)
Coluna 45 - 01/07/2006 - Aumentando os conhecimentos gerais (7)
Coluna 44 - 24/06/2006 - Aumentando os conhecimentos gerais (6)
Coluna 43 - 17/06/2006 - Aumentando os conhecimentos gerais (5)
Coluna 42 - 10/06/2006 - Aumentando os conhecimentos gerais (4)
Coluna 41 - 03/06/2006 - Aumentando os conhecimentos gerais (3)
Coluna 40 - 27/05/2006 - Aumentando os conhecimentos gerais (2)
Coluna 39 - 20/05/2006 - Reminiscências de um menino de São Bento (6)
Coluna 38 - 13/05/2006 - Aumentando os conhecimentos gerais (1)
Coluna 37 - 06/05/2006 - Reminiscências de um menino de São Bento (5)
Coluna 36 - 29/04/2006 - Os planetas e seus satélites
Coluna 35 - 22/04/2006 - As impropriedades do quotidiano do brasileiro (2)
Coluna 34 - 15/04/2006 - As impropriedades do quotidiano do brasileiro (1)
Coluna 33 - 08/04/2006 - Nome de rua não deve ser mudado
Coluna 32 - 01/04/2006 - Brasil, nova potência petrolífera mundial!
Coluna 31 - 25/03/2006 - Reminiscências de um menino de São Bento (4)
Coluna 30 - 18/03/2006 - Biodiesel: um combustível social e ecológico
Coluna 29 - 11/03/2006 - Os livros de Sebastião Cintra
Coluna 28 - 04/03/2006 - Um sábado sangrento no Recife
Coluna 27 - 25/02/2006 - O início do resgate da nossa dívida social
Coluna 26 - 18/02/2006 - Fim da pobreza mundial até 2015
Coluna 25 - 11/02/2006 - Reminiscências de um menino de São Bento (3)
Coluna 24 - 04/02/2006 - Aspectos gerais da lei de responsabilidade fiscal
Coluna 23 - 28/01/2006 - Pernambuco começa a sair da letargia
Coluna 22 - 21/01/2006 - Perfil demográfico no mundo rico
Coluna 21 - 14/01/2006 - Brasil, potência mundial em 2020
Coluna 20 - 07/01/2006 - Os gatunos da esperança
Coluna 19 - 31/12/2005 - Josué Severino, o mestre e a Banda Santa Cecília
Coluna 18 - 24/12/2005 - Reminiscências de um menino de São Bento (2)
Coluna 17 - 17/12/2005 - Pequenas idéias para o desenvolvimento de São Bento do Una
Coluna 16 - 10/12/2005 - Do Estado pouco ou nada espero
Coluna 15 - 04/12/2005 - A América do Sul e o nazismo
Coluna 14 - 27/11/2005 - A Venezuela bolivariana de hoje
Coluna 13 - 26/11/2005 - Reminiscências de um menino de São Bento (1)
Coluna 12 - 13/11/2005 - A crise argentina
Coluna 11 - 13/11/2005 - A saga de Delmiro Gouveia
Coluna 10 - 10/11/2005 - O velho na legislação brasileira
Coluna 9 - 31/10/2005 - O projeto São Francisco
Coluna 8 - 24/10/2005 - Correio eletrônico, maravilha do nosso tempo
Coluna 7 - 13/10/2005 - Um século sem presidente paulista
Coluna 6 - 09/10/2005 - O Grande Pronome 'Lhe' Morreu!
Coluna 5 - 29/09/2005 - Brasil 2005 - Uma Economia Mais Forte
Coluna 4 - 22/09/2005 - As Vestais da Moralidade Pública
Coluna 3 - 15/09/2005 - Mordomia & Nepotismo
Coluna 2 - 07/09/2005 - Tratamento de Excelência
Coluna 1 - 07/08/2005 - Hiroshima - uma covardia inominável


©2003-2017 - Portal São Bento do Una