Máxima: ºC
Mínima: ºC

Navegando: Indisponível

Coluna 128: Pingos de história do Império Brasileiro (15) - Dom Vital e a Questão Religiosa
Publicada dia 12 de Abril de 2008

Pingos de história do Império Brasileiro (15) - Dom Vital e a Questão Religiosa

Dom Frei Vital Maria Gonçalves de Oliveira foi o 19º bispo de Olinda. Ele nasceu em 1844 numa localidade chamada Aurora, que pertenceu à freguesia de Itambé em Pernambuco, até 1868, quando a Assembléia Nacional determinou que a divisa de Pernambuco com a Paraíba, naquela região, se fizesse com o rio Goiana e não com o rio Abiaí.


Em 9 de outubro de 1873, dom Vital foi notícia na capa do Diário de Pernambuco não como alta autoridade eclesiástica, mas como réu num processo movido pelo Império Brasileiro e em defesa de alguns membros da maçonaria. O documento endereçado ao imperador dom Pedro II se mostrava claro logo na sua introdução que as relações entre a Igreja Católica e o Império estavam em grave crise: "Dos papéis juntos verá V. Exª. que o Rev. Bispo de Olinda recusou cumprir a decisão que deu provimento ao recurso a Coroa, interposto pela confraria do Santíssimo Sacramento da matriz de Santo Antônio do Recife, da injusta sentença de interdição contra ela proferida, pelo único motivo de serem maçons alguns de membros. E para mais ostentar sua recusa, tratou de incitar os vigários a desobedecerem por sua vez ao governo imperial, aterrando-os com a suspensão"ex-informata conscientia", de que fora vítima um que apenas se havia mostrado hesitante. Nestes e em outros fatos, cada qual mais temerário, tem o Rev. bispo manifestado o firme propósito de ir de encontro às leis do estado, por si e pelo clero de sua diocese, desconhecendo assim o poder temporal em pontos há muito admitidos e observados pelas nações católicas, e expressamente consagrados na legislação pátria".


Dom Vital considerava os princípios da maçonaria contrários às doutrinas do catolicismo. Estava, pois, iniciada a chamada "Questão Religiosa" que abalou o Brasil e trouxe à baila a discussão sobre a conveniência ou não de a Igreja continuar atrelada ao poder temporal, como estabelecia cláusula constitucional de 1824. Nesta empreitada de expulsar os maçons do convívio dos católicos, dom Vital contou com o apoio do bispo do Pará, dom Antônio Macedo Costa.


O relato do procurador da Coroa, Fazenda e Soberania Nacional, o pernambucano João Alfredo Correia de Oliveira, que mais tarde presidiria o gabinete do governo brasileiro, e encaminhado ao imperador se mostrava claro, logo nas suas palavras iniciais, ao argumentar que as relações entre a Igreja Católica e o Império estavam em grave perigo e por isso agrediam a determinação constitucional de que a Igreja estava subordinada ao Estado brasileiro.


Em síntese, a chamada Questão Religiosa nada mais foi senão o movimento dos bispos do Rio de Janeiro, Pará e Pernambuco que resolveram eliminar a influência da Maçonaria nas irmandades e revelou que leigos e religiosos não tinham as mesmas concepções doutrinárias.


Nesse sentido, o padre Almeida Martins, em 3 de março de 1872, proferiu um sermão utilizando a linguagem maçônica para saudar a "Lei do Ventre Livre", de autoria do visconde do Rio Branco, justamente o grão-mestre da maçonaria do país. O bispo do Rio de Janeiro, dom Pedro Maria de Lacerda, sabedor do fato, suspendeu o padre. Em maio desse mesmo ano, foi a vez do bispo de Olinda, Dom Vital de Oliveira, afastar dois padres que se recusaram terminantemente a abandonar a maçonaria. Ele também impediu que o monsenhor Pinto Campos celebrasse o casamento de um cidadão pertencente à ordem. Incidentes da mesma natureza aconteceram no Pará, com o bispo dom Antônio de Macedo Costa tomando as mesmas providências adotadas pelos seus colegas de Olinda e Rio de Janeiro.


Vamos à origem dos fatos: em Pernambuco, no dia 27 de novembro de 1872, dom Vital baixou uma carta-circular dirigida aos vigários das freguesias de Santo Antônio, Boa Vista, do Recife, de São José, da Capunga e, também, ao guardião de São Francisco e ao provincial do convento do Carmo, ordenando-lhes que eliminassem os membros das irmandades que não quisessem abjurar a maçonaria.


Uma boa parte da população do Recife reagiu à determinação episcopal e no dia 14 de maio de 1873, uma multidão dirigiu-se, às 17 horas, ao Ginásio Provincial, na Rua da Aurora, para fazer uma manifestação de apoio ao deão da Sé de Olinda, dom Joaquim Francisco de Daria, como demonstração de pesar pela sua suspensão decretada pelo bispo.


Na volta da manifestação, um grupo encaminhou-se ao Colégio dos Jesuítas, na Rua Capitão Lima, onde objetos sagrados foram destruídos pelos manifestantes e os padres que se encontravam no local, em ofício do mês mariano, espancados. E a proibição para quem era maçom de não pertencer a uma irmandade católica prevalecia.


No dia 15 de outubro de 1873, o bispo dom Vital tomou conhecimento, através do Diário, de que o imperador Pedro II estava deveras disposto a levá-lo a julgamento pelo Supremo Tribunal de Justiça, mas, mesmo assim, manteve sua decisão de caça aos maçons. O imperador ordenara ao bispo da diocese de Olinda e aos vigários de São José, Santo Antônio e Boa Vista que lhe apresentassem membros das irmandades interditas das Almas e do Sacramento que queriam assistir a algum ato religioso. No dia 12 de dezembro, o Supremo Tribunal indiciou, julgou e condenou dom Vital à prisão. O erudito e virtuoso bispo do Pará, dom Antônio Macedo Costa também foi condenado a prisão.


O episcopado de frei Vital foi efêmero porque na verdade ele ousou enfrentar a Maçonaria, cujas idéias ele considerava como contrárias às doutrinas do catolicismo. Naquele tempo, quase toda a classe política e dominante fazia parte de lojas maçônicas e por isso exerciam grande influência na vida social, política e religiosa do Império. É bom lembrar que o fundador do Império brasileiro, dom Pedro I, assim como José Bonifácio de Andrada e Silva, o patriarca da independência, pertenceram à Maçonaria que na época era uma instituição de prestígio e que na Europa lutava contra o despotismo dos reis e imperadores.


Dom Vital foi nomeado bispo em 21 de maio de 1871, em consistório realizado em Roma. Em 17 de março de 1872 foi sagrado em São Paulo e fez sua entrada solene na diocese de Olinda onde foi entusiasticamente recebido.


Do cárcere da fortaleza de São João, no Rio de Janeiro, escreveu diversas cartas pastorais. Após o cumprimento da pena que lhe foi imposta, dom Vital voltou à diocese de Olinda em 6 de outubro de 1876 para retirar-se de novo para a França em abril de 187 e não mais tornar a patria. Desgostoso da vida e da interferência do estado em assuntos doutrinários da Igreja, dom Vital faleceu em Paris com apenas 34 anos de idade, sendo que, desde 1882, seus restos jazem na Igreja da Penha, no bairro recifense de São José, exatamente na praça em sua homenagem.


Dom Vital foi um dos símbolos vivos de uma igreja independente e não subordinada ao poder civil, ao lado de figuras como os seus colegas do Pará e do Rio de Janeiro.


                                              ...


 


Ainda a respeito das controvérsias ente a igreja e a maçonaria, transcrevemos uma nota do maçom João Leite do Rego Sampaio, publicada no Diário em fevereiro de 1874:


"Escândalo!


O maçom deixou de ser cidadão brasileiro?


Srs. Redatores


Os desacatos e tropelias que tenho sofrido em Vertente de Taquaritinga, onde resido há cerca de dois anos, e os atentados de que estou ameaçado, e que fazem perigar minha existência, obrigam-me a vir às colunas deste Diário denunciar ao público os escândalos ali praticados e reclamar ao Exmo. Sr. Presidente da província, e Dr. Chefe de Polícia as providências necessárias, que possam garantir minha segurança e propriedade.


Um rancoroso inimigo meu, o professor público Manoel Joaquim Xavier Ribeiro, no maligno propósito de exercer vingança contra mim, e sabendo que eu sou o único maçom que existe naquele lugar, entendeu que eu devia especular com o fanatismo religioso da população ignorante para exacerbá-la contra mim, como inimigo da religião católica; e então a toda a hora, a todo instante, tenho sido acometido de sarcasmos que a paciência não pode tolerar.


Por ser maçom, no que me honro, não fiquei excluído da comunhão brasileira, nem julgo seqüestrados os meus direitos de cidadão para não encontrar proteção no governo do meu país."


...


 


(Na próxima semana ainda falaremos sobre dom Vital e de outros assuntos que foram notícias em 1874, 1875 e 1876).


 


 


Notas:


a)      E-mail do autor: orlandocalado@yahoo.com.br


b)      Para ver centenas de fotos de S. Bento e de sua gente: www.orlandocalado.flogbrasil.terra.com.br


c)      Para sintonizar a Rádio Comunitária São Bento FM, faça o plug-in em: http://www.sisdera.com/radio/webplayer/.php?canal=saobentofm


 


 


 


 


 


 

Pau Amarelo PE 12 de abril de 2008

Orlando Calado é bacharel em direito.


Colunas anteriores:

Coluna 244 - 14/04/2017 - História Municipal - A morte do mesário eleitoral
Coluna 243 - 13/02/2017 - Treze anos sem Sebastião Soares Cintra
Coluna 242 - 27/01/2017 - Injusti�a imperdo�vel
Coluna 241 - 22/01/2017 - Sem memória não há História
Coluna 240 - 18/12/2016 - Felipe Manso, o prefeito que não foi
Coluna 239 - 05/12/2016 - Osvaldo Maciel, um grande Homem
Coluna 238 - 30/11/2016 - O Açude do Doutor Olavo
Coluna 237 - 24/11/2016 - São Bento, vida política e administrativa em 1930
Coluna 236 - 20/06/2016 - Cadê as coisas que deixei?
Coluna 235 - 14/06/2016 - O Sindicato Pastoril de S. Bento, um avanço para a época
Coluna 234 - 07/06/2016 - Esmeraldino Bandeira, um esquecido na nossa História
Coluna 233 - 05/06/2016 - Tributo ao prefeito Manoel Cândido, de São Bento
Coluna 232 - 29/05/2016 - Agamenon Magalhães e São Bento do Una
Coluna 231 - 11/09/2015 - As meretrizes da São Bento dos velhos tempos
Coluna 230 - 30/04/2015 - Por que nossa data magna municipal é o 30 de abril?
Coluna 229 - 06/02/2015 - Rodolfo Paiva, um são-bentense honorário
Coluna 228 - 03/01/2015 - Breve História de Adelmar Paiva e do seu tempo (6)
Coluna 227 - 02/01/2015 - Monsenhor José de Anchieta Callou
Coluna 226 - 27/12/2014 - Padre Joaquim Alfredo, um mártir
Coluna 225 - 19/09/2014 - Breve História de Adelmar Paiva e do seu tempo (5)
Coluna 224 - 29/07/2014 - Breve História de Adelmar Paiva e do seu tempo (4)
Coluna 223 - 15/07/2014 - Breve História de Adelmar Paiva e do seu tempo (3)
Coluna 222 - 23/06/2014 - Breve História de Adelmar Paiva e do seu tempo (2)
Coluna 221 - 05/06/2014 - Breve História de Adelmar Paiva e do seu tempo (1)
Coluna 220 - 15/05/2014 - Uma pena: Clávio de Melo Valença nos deixou
Coluna 219 - 13/05/2014 - O que foi feito de nossas coisas antigas? Cadê?
Coluna 218 - 12/05/2014 - Zé Bico e Beni, dois são-bentenses notáveis
Coluna 217 - 09/04/2014 - Cícero Romão Batista, o santo do Nordeste do Brasil
Coluna 216 - 17/10/2013 - É hora de o político abrir os olhos
Coluna 215 - 02/10/2013 - A elite reacionária de ontem, de hoje e de sempre
Coluna 214 - 06/09/2013 - Custa caro um deputado federal pernambucano
Coluna 213 - 18/07/2013 - É duro ser um brasileiro comum, pagador de impostos
Coluna 212 - 14/07/2013 - Considerações várias sobre uma pequena cidade
Coluna 211 - 29/06/2013 - Lêucio Mota, estadista são-bentense do Una
Coluna 210 - 27/06/2013 - Nobre é a missão do professor
Coluna 209 - 21/06/2013 - Este País parece que não tem jeito mesmo
Coluna 208 - 16/06/2013 - Apolônio Sales, estadista brasileiro, o homem que tirou o Nordeste das trevas
Coluna 207 - 06/06/2013 - Registro histórico da posse de Gilvan Lemos na APL
Coluna 206 - 14/05/2013 - A grande seca de 2013
Coluna 205 - 06/05/2013 - Quebra de sigilo bancário
Coluna 204 - 30/04/2013 - Datas notáveis de São Bento do Una, edição revista e ampliada
Coluna 203 - 26/04/2013 - E as bombas da maratona de Boston?
Coluna 202 - 16/01/2012 - Enaltecendo São Bento e a Festa dos Santos Reis
Coluna 201 - 30/04/2011 - São Bento do Una: 151 anos de governo próprio
Coluna 200 - 05/04/2011 - Padre João Rodrigues, o semeador de templos
Coluna 199 - 15/10/2010 - O espírito pioneiro são-bentense do Una (1)
Coluna 198 - 22/07/2010 - Jackson do Pandeiro, o ritmista virtuoso
Coluna 197 - 13/04/2010 - Datas notáveis de S. Bento do Una desde os primórdios ao centenário de sua emancipação política em 1960
Coluna 196 - 28/02/2010 - Legado à posteridade
Coluna 195 - 22/01/2010 - Considerações finais a respeito do Governo Provisório da República de 1889
Coluna 194 - 30/12/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (37) (Fim da Série)
Coluna 193 - 20/12/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (36)
Coluna 192 - 09/12/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (35)
Coluna 191 - 02/12/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (34)
Coluna 190 - 25/11/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (33)
Coluna 189 - 18/11/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (32)
Coluna 188 - 11/11/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (31)
Coluna 187 - 04/11/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (30)
Coluna 186 - 27/10/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (29)
Coluna 185 - 21/10/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (28)
Coluna 184 - 14/10/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (27)
Coluna 183 - 07/10/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (26)
Coluna 182 - 30/09/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (25)
Coluna 181 - 23/09/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (24)
Coluna 180 - 16/09/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (23)
Coluna 179 - 09/09/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (22)
Coluna 178 - 02/09/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (21)
Coluna 177 - 26/08/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (20)
Coluna 176 - 19/08/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (19)
Coluna 175 - 12/08/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (18)
Coluna 174 - 05/08/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (17)
Coluna 173 - 29/07/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (16)
Coluna 172 - 22/07/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (15)
Coluna 171 - 16/07/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (14)
Coluna 170 - 08/07/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (13)
Coluna 169 - 01/07/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (12)
Coluna 168 - 25/06/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (11)
Coluna 167 - 17/06/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (10)
Coluna 166 - 09/06/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (9)
Coluna 165 - 27/05/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (8)
Coluna 164 - 17/05/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (7)
Coluna 163 - 29/04/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (6)
Coluna 162 - 22/04/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (5)
Coluna 161 - 15/04/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (4)
Coluna 160 - 08/04/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (3)
Coluna 159 - 01/04/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (2)
Coluna 158 - 21/03/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (1)
Coluna 157 - 25/02/2009 - S. Bento do Una, um breve passeio ao longo de sua história (14) (final da série)
Coluna 156 - 22/11/2008 - S. Bento do Una, um breve passeio ao longo de sua história (13)
Coluna 155 - 08/11/2008 - S. Bento do Una, um breve passeio ao longo de sua história (12)
Coluna 154 - 25/10/2008 - S.Bento do Una, um breve passeio ao longo de sua história (11)
Coluna 153 - 18/10/2008 - São Bento do Una, um breve passeio ao longo de sua história (10)
Coluna 152 - 11/10/2008 - S. Bento do Una, um breve passeio ao longo de sua história (9)
Coluna 151 - 27/09/2008 - S. Bento do Una, um breve passeio ao longo de sua história (8)
Coluna 150 - 20/09/2008 - S. Bento do Una, um breve passeio ao longo de sua história (7)
Coluna 149 - 13/09/2008 - São Bento do Una, um breve passeio ao longo de sua história (6)
Coluna 148 - 06/09/2008 - S. Bento do Una, um breve passeio ao longo de sua história (5)
Coluna 147 - 30/08/2008 - São Bento do Una, um breve passeio ao longo de sua história (4)
Coluna 146 - 24/08/2008 - São Bento do Una, um breve passeio ao longo de sua história (3)
Coluna 145 - 16/08/2008 - São Bento do Una, um breve passeio ao longo de sua história (2)
Coluna 144 - 09/08/2008 - São Bento do Una, um breve passeio ao longo de sua história (1)
Coluna 143 - 02/08/2008 - O presídio de Fernando de Noronha e seu regime jurídico no final do Império (3/3)
Coluna 142 - 19/07/2008 - O presídio de Fernando de Noronha e seu regime jurídico no final do Império (2/3)
Coluna 141 - 12/07/2008 - O presídio de Fernando de Noronha e seu regime jurídico no final do Império (1/3)
Coluna 140 - 05/07/2008 - As comarcas de Pernambuco, do Sertão e do Rio de S. Francisco e a separação da última da província de Pernambuco
Coluna 139 - 28/06/2008 - A extraordinária figura de Dom João VI, primeiro e único rei do Brasil
Coluna 138 - 21/06/2008 - Pingos de história do Império Brasileiro (25) - O trabalho servil e as suas conseqüências danosas que fazem do Brasil um país de povo pobre
Coluna 137 - 14/06/2008 - Pingos de história do Império Brasileiro (24) - A abolição da escravatura no Ceará, a povoação de Boa Viagem do Recife entre outros assuntos
Coluna 136 - 07/06/2008 - Pingos de história do Império Brasileiro (23) - A crise no abastecimento de água no Recife. Relatório do governo: as chuvas diminuem a bandidagem
Coluna 135 - 31/05/2008 - Pingos de história do Império Brasileiro (22) - O projeto de lei de Joaquim Nabuco abolindo a escravidão e a chamada Lei Saraiva que restringiu o voto
Coluna 134 - 24/05/2008 - Pingos de história do Império Brasileiro (21) - Ainda os efeitos da grande seca na Vila de S. Bento; o Ginásio Pernambucano em 1879
Coluna 133 - 17/05/2008 - Pingos de história do Império Brasileiro (20) - Os efeitos da grande seca em São Bento
Coluna 132 - 10/05/2008 - Pingos de história do Império Brasileiro (19) - A corrupçao na vida pública; o espírito empreendedor do barão de Mauá
Coluna 131 - 03/05/2008 - Pingos de história do Império Brasileiro (18) - A terrível seca dos três sete
Coluna 130 - 26/04/2008 - Pingos de história do Império Brasileiro (17) - A inauguração do palacete da rua da Aurora enquanto a febre amarela grassa em Pernambuco
Coluna 129 - 19/04/2008 - Pingos de história do Império Brasileiro (16) - A revolução nas comunicações e o desfecho da Questão Religiosa
Coluna 128 - 12/04/2008 - Pingos de história do Império Brasileiro (15) - Dom Vital e a Questão Religiosa
Coluna 127 - 05/04/2008 - Pingos de história do Império Brasileiro (14) - A Lei do Ventre Livre
Coluna 126 - 29/03/2008 - Pingos de história do Império Brasileiro (13) - A Guerra do Paraguai
Coluna 125 - 22/03/2008 - Pingos de história do Império Brasileiro (12) - A Guerra do Paraguai
Coluna 124 - 15/03/2008 - Pingos de história do Império Brasileiro (11)
Coluna 123 - 08/03/2008 - Pingos de história do Império Brasileiro (10)
Coluna 122 - 01/03/2008 - Pingos de história do Império Brasileiro (9)
Coluna 121 - 23/02/2008 - Pingos de história do Império Brasileiro (8)
Coluna 120 - 16/02/2008 - Pingos de história do Império Brasileiro (7)
Coluna 119 - 09/02/2008 - Pingos de história do Império Brasileiro (6)
Coluna 118 - 02/02/2008 - Pingos de história do Império Brasileiro (5)
Coluna 117 - 26/01/2008 - Pingos de história do Império Brasileiro (4)
Coluna 116 - 19/01/2008 - Pingos de história do Império Brasileiro (3)
Coluna 115 - 11/01/2008 - Pingos de história do Império Brasileiro (2) O Diario de Pernambuco na História do Brasil
Coluna 114 - 29/12/2007 - Pingos de história do Império Brasileiro (1) - A chegada ao Brasil da família imperial portuguesa
Coluna 113 - 22/12/2007 - A Bíblia, um livro de inúmeras histórias
Coluna 112 - 15/12/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (34)
Coluna 111 - 08/12/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (33)
Coluna 110 - 01/12/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (32)
Coluna 109 - 24/11/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (31)
Coluna 108 - 17/11/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (30)
Coluna 107 - 10/11/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (29)
Coluna 106 - 03/11/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (28)
Coluna 105 - 27/10/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (27)
Coluna 104 - 20/10/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (26)
Coluna 103 - 13/10/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (25)
Coluna 102 - 06/10/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (24)
Coluna 101 - 29/09/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (23)
Coluna 100 - 23/09/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (22)
Coluna 99 - 15/09/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (21)
Coluna 98 - 08/09/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (20)
Coluna 97 - 01/09/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (19)
Coluna 96 - 25/08/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (18)
Coluna 95 - 18/08/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (17)
Coluna 94 - 11/08/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (16)
Coluna 93 - 04/08/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (15)
Coluna 92 - 28/07/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (14)
Coluna 91 - 21/07/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (13)
Coluna 90 - 14/07/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (12)
Coluna 89 - 07/07/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (11)
Coluna 88 - 30/06/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (10)
Coluna 87 - 23/06/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (9)
Coluna 86 - 16/06/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (8)
Coluna 85 - 09/06/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (7)
Coluna 84 - 02/06/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (6)
Coluna 83 - 26/05/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (5)
Coluna 82 - 19/05/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (4)
Coluna 81 - 12/05/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (3)
Coluna 80 - 05/05/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (2)
Coluna 79 - 28/04/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (1)
Coluna 78 - 21/04/2007 - A Guarda Nacional da Vila e Município de São Bento
Coluna 77 - 14/04/2007 - Fatos & gente são-bentenses das décadas de 1930 e 1940
Coluna 76 - 07/04/2007 - Uma breve visita à nossa querida São Bento do Una
Coluna 75 - 31/03/2007 - Planejamento familiar no Brasil: uma necessidade inadiável
Coluna 74 - 24/03/2007 - Hoje, meio século de uma tragédia são-bentense
Coluna 73 - 17/03/2007 - "Eu vi o mundo... Ele começava no Recife"
Coluna 72 - 10/03/2007 - Reminiscências de um menino de São Bento (7)
Coluna 71 - 03/03/2007 - Um fazendeiro são-bentense do século XIX
Coluna 70 - 24/02/2007 - O Rio de Janeiro será sempre o Rio de Janeiro
Coluna 69 - 17/02/2007 - Gilvan Lemos, simplesmente um escritor
Coluna 68 - 10/02/2007 - A Great Western da minha meninice: uma pequena história
Coluna 67 - 03/02/2007 - A declaração universal dos direitos humanos
Coluna 66 - 27/01/2007 - A revolta da chibata
Coluna 65 - 20/01/2007 - A revolta da vacina
Coluna 64 - 13/01/2007 - Apolônio Sales, um estadista de grande valor
Coluna 63 - 06/01/2007 - 2006: Um ano de saldo positivo apesar do pouco crescimento econômico
Coluna 62 - 30/12/2006 - A "Batalha da Borracha", um episódio esquecido da história do Brasil
Coluna 61 - 23/12/2006 - Alguns suicidas famosos (2/2)
Coluna 60 - 16/12/2006 - Alguns suicidas famosos (1/2)
Coluna 59 - 09/12/2006 - Aumentando os conhecimentos gerais (16)
Coluna 58 - 02/12/2006 - Aumentando os conhecimentos gerais (15)
Coluna 57 - 25/11/2006 - Congresso Nacional perdulário, povo paupérrimo
Coluna 56 - 18/11/2006 - Aumentando os conhecimentos gerais (14)
Coluna 55 - 15/11/2006 - Aumentando os conhecimentos gerais (13)
Coluna 54 - 14/10/2006 - Modos de falar diferentes no Brasil e em Portugal (4/4)
Coluna 53 - 07/10/2006 - Modos de falar diferentes no Brasil e em Portugal (3/4)
Coluna 52 - 30/09/2006 - Modos de falar diferentes no Brasil e em Portugal (2/4)
Coluna 51 - 23/09/2006 - Modos de falar diferentes no Brasil e em Portugal (1/4)
Coluna 50 - 16/09/2006 - Aumentando os conhecimentos gerais (12)
Coluna 49 - 09/09/2006 - Aumentando os conhecimentos gerais (11)
Coluna 48 - 02/09/2006 - Aumentando os conhecimentos gerais (10)
Coluna 47 - 26/08/2006 - Aumentando os conhecimentos gerais (9)
Coluna 46 - 08/07/2006 - Aumentando os conhecimentos gerais (8)
Coluna 45 - 01/07/2006 - Aumentando os conhecimentos gerais (7)
Coluna 44 - 24/06/2006 - Aumentando os conhecimentos gerais (6)
Coluna 43 - 17/06/2006 - Aumentando os conhecimentos gerais (5)
Coluna 42 - 10/06/2006 - Aumentando os conhecimentos gerais (4)
Coluna 41 - 03/06/2006 - Aumentando os conhecimentos gerais (3)
Coluna 40 - 27/05/2006 - Aumentando os conhecimentos gerais (2)
Coluna 39 - 20/05/2006 - Reminiscências de um menino de São Bento (6)
Coluna 38 - 13/05/2006 - Aumentando os conhecimentos gerais (1)
Coluna 37 - 06/05/2006 - Reminiscências de um menino de São Bento (5)
Coluna 36 - 29/04/2006 - Os planetas e seus satélites
Coluna 35 - 22/04/2006 - As impropriedades do quotidiano do brasileiro (2)
Coluna 34 - 15/04/2006 - As impropriedades do quotidiano do brasileiro (1)
Coluna 33 - 08/04/2006 - Nome de rua não deve ser mudado
Coluna 32 - 01/04/2006 - Brasil, nova potência petrolífera mundial!
Coluna 31 - 25/03/2006 - Reminiscências de um menino de São Bento (4)
Coluna 30 - 18/03/2006 - Biodiesel: um combustível social e ecológico
Coluna 29 - 11/03/2006 - Os livros de Sebastião Cintra
Coluna 28 - 04/03/2006 - Um sábado sangrento no Recife
Coluna 27 - 25/02/2006 - O início do resgate da nossa dívida social
Coluna 26 - 18/02/2006 - Fim da pobreza mundial até 2015
Coluna 25 - 11/02/2006 - Reminiscências de um menino de São Bento (3)
Coluna 24 - 04/02/2006 - Aspectos gerais da lei de responsabilidade fiscal
Coluna 23 - 28/01/2006 - Pernambuco começa a sair da letargia
Coluna 22 - 21/01/2006 - Perfil demográfico no mundo rico
Coluna 21 - 14/01/2006 - Brasil, potência mundial em 2020
Coluna 20 - 07/01/2006 - Os gatunos da esperança
Coluna 19 - 31/12/2005 - Josué Severino, o mestre e a Banda Santa Cecília
Coluna 18 - 24/12/2005 - Reminiscências de um menino de São Bento (2)
Coluna 17 - 17/12/2005 - Pequenas idéias para o desenvolvimento de São Bento do Una
Coluna 16 - 10/12/2005 - Do Estado pouco ou nada espero
Coluna 15 - 04/12/2005 - A América do Sul e o nazismo
Coluna 14 - 27/11/2005 - A Venezuela bolivariana de hoje
Coluna 13 - 26/11/2005 - Reminiscências de um menino de São Bento (1)
Coluna 12 - 13/11/2005 - A crise argentina
Coluna 11 - 13/11/2005 - A saga de Delmiro Gouveia
Coluna 10 - 10/11/2005 - O velho na legislação brasileira
Coluna 9 - 31/10/2005 - O projeto São Francisco
Coluna 8 - 24/10/2005 - Correio eletrônico, maravilha do nosso tempo
Coluna 7 - 13/10/2005 - Um século sem presidente paulista
Coluna 6 - 09/10/2005 - O Grande Pronome 'Lhe' Morreu!
Coluna 5 - 29/09/2005 - Brasil 2005 - Uma Economia Mais Forte
Coluna 4 - 22/09/2005 - As Vestais da Moralidade Pública
Coluna 3 - 15/09/2005 - Mordomia & Nepotismo
Coluna 2 - 07/09/2005 - Tratamento de Excelência
Coluna 1 - 07/08/2005 - Hiroshima - uma covardia inominável


©2003-2017 - Portal São Bento do Una