Nublado a parcialmente nublado com chuva isolada

Máxima: 30 ºC
Mínima: 17 ºC

Navegando: Indisponível

Coluna 79: Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (1)
Publicada dia 28 de Abril de 2007

Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (1)

Para a elaboração deste trabalho, estamos louvados em pesquisas efetuadas pelo são-bentense Sebastião Soares Cintra (1922-2004), técnico agropecuário, formado pela antiga Escola Agrícola de Tamandaré, em Pernambuco, educandário mantido pelo governo federal. Lá, esse extremado e apaixonado conterrâneo concluiu os antigos cursos primário e profissional. Em 1944, foi selecionado para integrar a Força Expedicionária Brasileira (FEB), combatendo, no teatro de operações da Itália, as forças nazi-fascistas que tencionavam implantar um regime totalitário em nível mundial. Tal episódio ocorreu nos meses finais de 1944 e iniciais de 1945, como integrante do 11° Regimento de Infantaria, sob o comando do coronel Delmiro Pereira de Andrade, que tinha como subcomandante o major Orlando Gomes Ramagem, que mais tarde viria a desempenhar o alto cargo de chefe do Gabinete Militar no governo de Juscelino Kubitschek (1956-1961).

Anos depois do seu vitorioso regresso, Sebastião Cintra foi destacado vereador são-bentense, por diversas legislaturas, elegendo-se pelo histórico PTB, partido fundado por Getúlio Vargas. Por muitos anos, ele foi correspondente de nossa cidade junto ao Diário de Pernambuco, enriquecendo esse tradicional órgão da imprensa brasileira com seus escritos para a seção chamada “Diário dos Municípios”. Esse mister iniciou-se em 1948 e São Bento, a partir de então, esteve constantemente presente, com Sebastião noticiando para Pernambuco os fatos políticos, sociais e econômicos ocorridos na cidade. Em 1957, foi nomeado funcionário da Previdência Social com lotação na agência de Caruaru, aposentando-se em 1976, aproveitando os benefícios concedidos por lei aos ex-combatentes. Mercê de sua viva inteligência, tino político e administrativo e uma desmedida paixão por sua gleba natal, tornou-se secretário da Prefeitura na excelente e bem avaliada administração do prefeito Osvaldo Celso Maciel (1960-1964).

Assim é que, decorrido mais de meio século em que São Bento era notícia positiva e constante no Diário de Pernambuco, hoje em dia é um fato extraordinário, raro mesmo, ver o nome da nossa cidade estampado nos jornais do Recife. Quando tal ocorre, é de forma vexatória para noticiar negatividades como a prisão de “trabalhadores sem-terra” pelo fato de sacrificaram porcos alheios para saciar a fome, ou mesmo para noticiar um surto de peste suína e mais recentemente a cidade freqüentou a mídia nacional eletrônica com aquelas notícias alarmantes da epidemia de cólera ocorrida no final de 2004 e início de 2005, esta motivada, basicamente, por falta de saneamento nas comunidades carentes que tem seus dejetos lançados a céu aberto e sem tratamento, fato gerador da poluição das correntes de água. No caso, é possível que nessas comunidades não haja fossas sépticas para receber tais rejeitos. Obras não visíveis como a construção de fossas, colocação de manilhas ou mesmo de tratamento de esgoto não são bem apreciadas pelos políticos, mais preocupados com a visibilidade delas para a próxima eleição. Que se dane a saúde do povo e que se danem os riachos, ribeirões e rios, hoje verdadeiros esgotos.

Além de tudo, Sebastião Cintra, sempre atento ao passado são-bentense, escreveu livros e artigos, tirando das trevas da ignorância o início da formação histórica do nosso município. Temos em mãos, uma série de artigos e crônicas gentilmente enviados pelo seu filho Marcos Ovídio de Almeida Cintra (1946), médico, atualmente exercendo a profissão em Telêmaco Borba, Paraná, pelo que, de público, agradecemos a gentileza da remessa. Esses trabalhos foram escritos para os mais variados órgãos da imprensa matuta de Pernambuco e deles pinçaremos alguns fatos são-bentenses de épocas diversas para conhecimento de todos, especialmente das novas gerações, ávidas por saber de fatos pertinentes à nossa mui leal, amada e heróica gleba são-bentense.

No artigo “Não deixem a charanga morrer”, publicado em 1984, Sebastião faz dramático apelo em favor da nossa banda musical e cita os músicos que a conduziram, depois de 1961, e discorre sobre a beleza da música que desde os tempos imemoriais serve de bálsamo contra a tristeza e que os povos por mais primitivos que fossem criaram instrumentos para expressar os seus sentimentos de alegria ou mesmo de tristeza. Hodiernamente, a música serve como bálsamo para neuróticos e deprimidos e satisfação plena para os seus verdadeiros amantes da bela arte, seja através de um clássico como Bach (1685-1750) ou Beethoven (1770-1827), seja através da música popular de qualidade, elaborada por mestres como o brasileiro Tom Jobim (1927-1994) ou como o norte-americano George Gershwin (1898-1937).

Sebastião aproveita o ensejo para dizer que “entre nós há o fato histórico que se cinge à vida de Bernarda, a psicótica sentimental, desaparecida na década de 1940. Ela era a mascote e eterna namorada da Banda Musical Santa Cecília, por quem nutria permanente e irresistível paixão (...)”. Dona Bernarda era a mulher são-bentense que, invariavelmente, acompanhava a banda musical nos seus desfiles cívicos e festivos pelas ruas da cidade ou nos momentos de tristeza como nos cortejos fúnebres. A memória desta pobre e simples mulher são-bentense não pode ser olvidada pelas futuras gerações. E a Santa Cecília, numa comovente homenagem, digna do caráter da gente são-bentense, acompanhou o cortejo fúnebre daquela sua admiradora incondicional até sua última e definitiva morada, executando partituras que eram do agrado da homenageada.

A nossa banda de música, como qualquer outra mais do que secular organização cultural, sempre passou por seus momentos de aguda crise e de dificuldades. E foi numa dessas crises que a pena de Sebastião se pronunciou em defesa da instituição fundada por Antônio Gonçalves Tristão e outros abnegados moradores, que implantaram a música no povoado de São Bento no longínquo dia 22 de novembro de 1854 quando éramos um simples povoado pertencente ao município e vila de Santo Antônio de Garanhuns.

“O Ginásio”, órgão cultural do antigo Ginásio Lenita Fontes Cintra, de 30/03/1961, enumera os mestres que regeram a banda da Sociedade Musical Santa Cecília até aquele ano. O primeiro mestre teria sido Luiz de Paiva Melo, que tocava baixo. Este foi sucedido por Aprígio Gonçalves de Siqueira que também tocava baixo. Depois, comandou a banda Liberato Augusto de Siqueira, que era clarinetista. Este foi sucedido pelo bombardinista Antônio Presciliano Chaves que, por sua vez, foi substituído por José Pimentel, clarinetista reformado como primeiro sargento da Polícia Militar de Pernambuco.

Depois, comandou a nossa banda musical José Manso da Silva, que também foi político, comerciante e autor de dobrados. Segundo o artigo, Zé Manso era compositor de belas harmonias, uma delas tinha o nome de “botela” (corruptela de “bota ela”), vocábulo tal vulgarizado na banda pelo trompista Jaca, em virtude de sua insistência em reclamar prioridade para esta partitura. Zé Manso foi substituído por Josué Severino da Silva, pedreiro, natural de Canhotinho que deu seus primeiros passos na música através de Balbino Mendes, saxofonista e barbeiro, figura muito respeitada na cidade. A regência de Josué Severino se prolongou até o ano de 1957 quando ele foi convidado pela Usina Serra Grande de São José da Laje, em Alagoas, para reger a banda e a orquestra daquela unidade açucareira, levando consigo os melhores músicos formados por ele em São Bento. Tempos depois, após uma terrível cheia do rio Mundaú, a usina foi praticamente destruída e o maestro foi morar em Brasília na companhia dos filhos. Mais tarde, voltou a São Bento para recomeçar a vida com uma granja de criação de galinhas ao tempo em que retomou ao comando da organização musical. Não prosperando esse negócio de criação de galináceos, o mestre voltou definitivamente para a capital da República, onde viria a falecer com mais de noventa anos.

Josué Severino, saxofonista e clarinetista talentoso, executante perfeito dos gostosos sambas e sambas-canções da década de 1950, como se um músico carioca de origem fosse, foi substituído por Aristóteles Portela que recebeu a unidade musical desfalcada dos melhores músicos que, como já dissemos, seguiram Josué para formar de “papouco” uma orquestra no interior de Alagoas. Sebastião Cintra nos conta que Aristóteles foi um grande mestre e que dominava como ninguém o saxofone. Ele foi o responsável pelo início do soerguimento da velha banda, tendo convocando a sociedade local a apoiá-lo na paciente tarefa de mobilizar e formar novos quadros. Graças ao empenho e espírito de liderança de Aristóteles Pereira, a nossa sociedade musical voltou aos seus melhores dias.

Portela passou a batuta santaceciliana para José Emídio de Oliveira, primeiro-tenente músico da Polícia Militar do Estado de Pernambuco, saxofonista e regente consagrado.Com Emídio, a Banda alcança uma nova fase áurea, com seus músicos apresentando alto desempenho e padrão técnico apurado.

A seguir, tivemos a regência do saxofonista Dorgival Vieira, suboficial-músico da Força Aérea. A regência de Dorgival foi curta, porém proveitosa, tendo ele sido substituído pelo seu próprio pai, José Vieira, que no dizer de Sebastião Cintra era um “instrumentista enciclopédico, conhecedor e executante de todos os instrumentos da banda. Faleceu no apogeu da carreira quando dirigia a orquestra em noite de gala” da festa de Reis.

O artigo de Sebastião Cintra fecha o ciclo de mestres da Banda Musical, falando da figura de José Augusto Paiva, dito Zé de Calu, considerado clarinetista que executava todos os instrumentos de palheta.

Para se chegar a um bom termo na pesquisa a respeito dos músicos que empunharam a batuta da sesquicentenária da Sociedade Musical Santa Cecília, até 1984, Sebastião se louvou em informações dos mais antigos e contou com a colaboração de seu Manoelzinho (Manoel Cordeiro de Souza), marido de dona Ester Siqueira, lamentando que dona Emília Siqueira, responsável pela instituição, se tenha despojado do arquivo pessoal, queimando papéis e livros seculares que melhor poderiam contar a saga da nossa instituição musical.

O próprio autor destas linhas lembra que, quando menino, não se cansava de admirar as inúmeras e sugestivas fotografias de antigas formações musicais que decoravam as paredes da antiga sede. Como se sabe, a primitiva sede desmoronou vítima do descaso, e não temos conhecimento de que esses instantâneos fotográficos históricos tenham sido salvos por alguma alma caridosa e onde se encontram hoje. Estas fotos, caso ainda existam, poderiam ser copiadas e divulgadas, pois possuem inestimável valor histórico.

Por fim, lançamos um apelo a quem quiser colaborar para o fechamento deste artigo que nos envie, para o e-mail abaixo, as informações referentes aos músicos que regeram a Banda Musical Santa Cecília de 1984 até nossos dias.

Por hoje, é só. Obrigado.

E-mail:
orlandocalado@yahoo.com.br





Nota:

Para saber mais sobre a nossa instituição musical, leia o nosso artigo intitulado “Josué Severino, o mestre e a Banda Santa Cecília”. Para tanto, o internauta deve acionar a barra de rolagem até o menu dos artigos, selecionando e clicando a coluna 19.

Pau Amarelo PE 28 de abril de 2007

Orlando Calado é bacharel em direito.


Colunas anteriores:

Coluna 246 - 16/07/2017 - História de São Bento do Una, Pernambuco, Brazil
Coluna 245 - 10/05/2017 - Pleito de gratidão a Dirceu e Ludgero
Coluna 244 - 14/04/2017 - Historia Municipal - A morte do mesário eleitoral
Coluna 243 - 13/02/2017 - Treze anos sem Sebastião Soares Cintra
Coluna 242 - 27/01/2017 - Injustiça imperdoável
Coluna 241 - 22/01/2017 - Sem memória não há História
Coluna 240 - 18/12/2016 - Felipe Manso, o prefeito que não foi
Coluna 239 - 05/12/2016 - Osvaldo Maciel, um grande Homem
Coluna 238 - 30/11/2016 - O Açude do Doutor Olavo
Coluna 237 - 24/11/2016 - São Bento, vida política e administrativa em 1930
Coluna 236 - 20/06/2016 - Cadê as coisas que deixei?
Coluna 235 - 14/06/2016 - O Sindicato Pastoril de S. Bento, um avanço para a época
Coluna 234 - 07/06/2016 - Esmeraldino Bandeira, um esquecido na nossa História
Coluna 233 - 05/06/2016 - Tributo ao prefeito Manoel Cândido, de São Bento
Coluna 232 - 29/05/2016 - Agamenon Magalhães e São Bento do Una
Coluna 231 - 11/09/2015 - As meretrizes da São Bento dos velhos tempos
Coluna 230 - 30/04/2015 - Por que nossa data magna municipal é o 30 de abril?
Coluna 229 - 06/02/2015 - Rodolfo Paiva, um são-bentense honorário
Coluna 228 - 03/01/2015 - Breve História de Adelmar Paiva e do seu tempo (6)
Coluna 227 - 02/01/2015 - Monsenhor José de Anchieta Callou
Coluna 226 - 27/12/2014 - Padre Joaquim Alfredo, um mártir
Coluna 225 - 19/09/2014 - Breve História de Adelmar Paiva e do seu tempo (5)
Coluna 224 - 29/07/2014 - Breve História de Adelmar Paiva e do seu tempo (4)
Coluna 223 - 15/07/2014 - Breve História de Adelmar Paiva e do seu tempo (3)
Coluna 222 - 23/06/2014 - Breve História de Adelmar Paiva e do seu tempo (2)
Coluna 221 - 05/06/2014 - Breve História de Adelmar Paiva e do seu tempo (1)
Coluna 220 - 15/05/2014 - Uma pena: Clávio de Melo Valença nos deixou
Coluna 219 - 13/05/2014 - O que foi feito de nossas coisas antigas? Cadê?
Coluna 218 - 12/05/2014 - Zé Bico e Beni, dois são-bentenses notáveis
Coluna 217 - 09/04/2014 - Cícero Romão Batista, o santo do Nordeste do Brasil
Coluna 216 - 17/10/2013 - É hora de o político abrir os olhos
Coluna 215 - 02/10/2013 - A elite reacionária de ontem, de hoje e de sempre
Coluna 214 - 06/09/2013 - Custa caro um deputado federal pernambucano
Coluna 213 - 18/07/2013 - É duro ser um brasileiro comum, pagador de impostos
Coluna 212 - 14/07/2013 - Considerações várias sobre uma pequena cidade
Coluna 211 - 29/06/2013 - Lêucio Mota, estadista são-bentense do Una
Coluna 210 - 27/06/2013 - Nobre é a missão do professor
Coluna 209 - 21/06/2013 - Este País parece que não tem jeito mesmo
Coluna 208 - 16/06/2013 - Apolônio Sales, estadista brasileiro, o homem que tirou o Nordeste das trevas
Coluna 207 - 06/06/2013 - Registro histórico da posse de Gilvan Lemos na APL
Coluna 206 - 14/05/2013 - A grande seca de 2013
Coluna 205 - 06/05/2013 - Quebra de sigilo bancário
Coluna 204 - 30/04/2013 - Datas notáveis de São Bento do Una, edição revista e ampliada
Coluna 203 - 26/04/2013 - E as bombas da maratona de Boston?
Coluna 202 - 16/01/2012 - Enaltecendo São Bento e a Festa dos Santos Reis
Coluna 201 - 30/04/2011 - São Bento do Una: 151 anos de governo próprio
Coluna 200 - 05/04/2011 - Padre João Rodrigues, o semeador de templos
Coluna 199 - 15/10/2010 - O espírito pioneiro são-bentense do Una (1)
Coluna 198 - 22/07/2010 - Jackson do Pandeiro, o ritmista virtuoso
Coluna 197 - 13/04/2010 - Datas notáveis de S. Bento do Una desde os primórdios ao centenário de sua emancipação política em 1960
Coluna 196 - 28/02/2010 - Legado à posteridade
Coluna 195 - 22/01/2010 - Considerações finais a respeito do Governo Provisório da República de 1889
Coluna 194 - 30/12/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (37) (Fim da Série)
Coluna 193 - 20/12/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (36)
Coluna 192 - 09/12/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (35)
Coluna 191 - 02/12/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (34)
Coluna 190 - 25/11/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (33)
Coluna 189 - 18/11/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (32)
Coluna 188 - 11/11/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (31)
Coluna 187 - 04/11/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (30)
Coluna 186 - 27/10/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (29)
Coluna 185 - 21/10/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (28)
Coluna 184 - 14/10/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (27)
Coluna 183 - 07/10/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (26)
Coluna 182 - 30/09/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (25)
Coluna 181 - 23/09/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (24)
Coluna 180 - 16/09/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (23)
Coluna 179 - 09/09/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (22)
Coluna 178 - 02/09/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (21)
Coluna 177 - 26/08/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (20)
Coluna 176 - 19/08/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (19)
Coluna 175 - 12/08/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (18)
Coluna 174 - 05/08/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (17)
Coluna 173 - 29/07/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (16)
Coluna 172 - 22/07/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (15)
Coluna 171 - 16/07/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (14)
Coluna 170 - 08/07/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (13)
Coluna 169 - 01/07/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (12)
Coluna 168 - 25/06/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (11)
Coluna 167 - 17/06/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (10)
Coluna 166 - 09/06/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (9)
Coluna 165 - 27/05/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (8)
Coluna 164 - 17/05/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (7)
Coluna 163 - 29/04/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (6)
Coluna 162 - 22/04/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (5)
Coluna 161 - 15/04/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (4)
Coluna 160 - 08/04/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (3)
Coluna 159 - 01/04/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (2)
Coluna 158 - 21/03/2009 - A República Brasileira de 1889, uma instituição militar positivista (1)
Coluna 157 - 25/02/2009 - S. Bento do Una, um breve passeio ao longo de sua história (14) (final da série)
Coluna 156 - 22/11/2008 - S. Bento do Una, um breve passeio ao longo de sua história (13)
Coluna 155 - 08/11/2008 - S. Bento do Una, um breve passeio ao longo de sua história (12)
Coluna 154 - 25/10/2008 - S.Bento do Una, um breve passeio ao longo de sua história (11)
Coluna 153 - 18/10/2008 - São Bento do Una, um breve passeio ao longo de sua história (10)
Coluna 152 - 11/10/2008 - S. Bento do Una, um breve passeio ao longo de sua história (9)
Coluna 151 - 27/09/2008 - S. Bento do Una, um breve passeio ao longo de sua história (8)
Coluna 150 - 20/09/2008 - S. Bento do Una, um breve passeio ao longo de sua história (7)
Coluna 149 - 13/09/2008 - São Bento do Una, um breve passeio ao longo de sua história (6)
Coluna 148 - 06/09/2008 - S. Bento do Una, um breve passeio ao longo de sua história (5)
Coluna 147 - 30/08/2008 - São Bento do Una, um breve passeio ao longo de sua história (4)
Coluna 146 - 24/08/2008 - São Bento do Una, um breve passeio ao longo de sua história (3)
Coluna 145 - 16/08/2008 - São Bento do Una, um breve passeio ao longo de sua história (2)
Coluna 144 - 09/08/2008 - São Bento do Una, um breve passeio ao longo de sua história (1)
Coluna 143 - 02/08/2008 - O presídio de Fernando de Noronha e seu regime jurídico no final do Império (3/3)
Coluna 142 - 19/07/2008 - O presídio de Fernando de Noronha e seu regime jurídico no final do Império (2/3)
Coluna 141 - 12/07/2008 - O presídio de Fernando de Noronha e seu regime jurídico no final do Império (1/3)
Coluna 140 - 05/07/2008 - As comarcas de Pernambuco, do Sertão e do Rio de S. Francisco e a separação da última da província de Pernambuco
Coluna 139 - 28/06/2008 - A extraordinária figura de Dom João VI, primeiro e único rei do Brasil
Coluna 138 - 21/06/2008 - Pingos de história do Império Brasileiro (25) - O trabalho servil e as suas conseqüências danosas que fazem do Brasil um país de povo pobre
Coluna 137 - 14/06/2008 - Pingos de história do Império Brasileiro (24) - A abolição da escravatura no Ceará, a povoação de Boa Viagem do Recife entre outros assuntos
Coluna 136 - 07/06/2008 - Pingos de história do Império Brasileiro (23) - A crise no abastecimento de água no Recife. Relatório do governo: as chuvas diminuem a bandidagem
Coluna 135 - 31/05/2008 - Pingos de história do Império Brasileiro (22) - O projeto de lei de Joaquim Nabuco abolindo a escravidão e a chamada Lei Saraiva que restringiu o voto
Coluna 134 - 24/05/2008 - Pingos de história do Império Brasileiro (21) - Ainda os efeitos da grande seca na Vila de S. Bento; o Ginásio Pernambucano em 1879
Coluna 133 - 17/05/2008 - Pingos de história do Império Brasileiro (20) - Os efeitos da grande seca em São Bento
Coluna 132 - 10/05/2008 - Pingos de história do Império Brasileiro (19) - A corrupçao na vida pública; o espírito empreendedor do barão de Mauá
Coluna 131 - 03/05/2008 - Pingos de história do Império Brasileiro (18) - A terrível seca dos três sete
Coluna 130 - 26/04/2008 - Pingos de história do Império Brasileiro (17) - A inauguração do palacete da rua da Aurora enquanto a febre amarela grassa em Pernambuco
Coluna 129 - 19/04/2008 - Pingos de história do Império Brasileiro (16) - A revolução nas comunicações e o desfecho da Questão Religiosa
Coluna 128 - 12/04/2008 - Pingos de história do Império Brasileiro (15) - Dom Vital e a Questão Religiosa
Coluna 127 - 05/04/2008 - Pingos de história do Império Brasileiro (14) - A Lei do Ventre Livre
Coluna 126 - 29/03/2008 - Pingos de história do Império Brasileiro (13) - A Guerra do Paraguai
Coluna 125 - 22/03/2008 - Pingos de história do Império Brasileiro (12) - A Guerra do Paraguai
Coluna 124 - 15/03/2008 - Pingos de história do Império Brasileiro (11)
Coluna 123 - 08/03/2008 - Pingos de história do Império Brasileiro (10)
Coluna 122 - 01/03/2008 - Pingos de história do Império Brasileiro (9)
Coluna 121 - 23/02/2008 - Pingos de história do Império Brasileiro (8)
Coluna 120 - 16/02/2008 - Pingos de história do Império Brasileiro (7)
Coluna 119 - 09/02/2008 - Pingos de história do Império Brasileiro (6)
Coluna 118 - 02/02/2008 - Pingos de história do Império Brasileiro (5)
Coluna 117 - 26/01/2008 - Pingos de história do Império Brasileiro (4)
Coluna 116 - 19/01/2008 - Pingos de história do Império Brasileiro (3)
Coluna 115 - 11/01/2008 - Pingos de história do Império Brasileiro (2) O Diario de Pernambuco na História do Brasil
Coluna 114 - 29/12/2007 - Pingos de história do Império Brasileiro (1) - A chegada ao Brasil da família imperial portuguesa
Coluna 113 - 22/12/2007 - A Bíblia, um livro de inúmeras histórias
Coluna 112 - 15/12/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (34)
Coluna 111 - 08/12/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (33)
Coluna 110 - 01/12/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (32)
Coluna 109 - 24/11/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (31)
Coluna 108 - 17/11/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (30)
Coluna 107 - 10/11/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (29)
Coluna 106 - 03/11/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (28)
Coluna 105 - 27/10/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (27)
Coluna 104 - 20/10/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (26)
Coluna 103 - 13/10/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (25)
Coluna 102 - 06/10/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (24)
Coluna 101 - 29/09/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (23)
Coluna 100 - 23/09/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (22)
Coluna 99 - 15/09/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (21)
Coluna 98 - 08/09/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (20)
Coluna 97 - 01/09/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (19)
Coluna 96 - 25/08/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (18)
Coluna 95 - 18/08/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (17)
Coluna 94 - 11/08/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (16)
Coluna 93 - 04/08/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (15)
Coluna 92 - 28/07/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (14)
Coluna 91 - 21/07/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (13)
Coluna 90 - 14/07/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (12)
Coluna 89 - 07/07/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (11)
Coluna 88 - 30/06/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (10)
Coluna 87 - 23/06/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (9)
Coluna 86 - 16/06/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (8)
Coluna 85 - 09/06/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (7)
Coluna 84 - 02/06/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (6)
Coluna 83 - 26/05/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (5)
Coluna 82 - 19/05/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (4)
Coluna 81 - 12/05/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (3)
Coluna 80 - 05/05/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (2)
Coluna 79 - 28/04/2007 - Fatos & gente são-bentenses de épocas diversas (1)
Coluna 78 - 21/04/2007 - A Guarda Nacional da Vila e Município de São Bento
Coluna 77 - 14/04/2007 - Fatos & gente são-bentenses das décadas de 1930 e 1940
Coluna 76 - 07/04/2007 - Uma breve visita à nossa querida São Bento do Una
Coluna 75 - 31/03/2007 - Planejamento familiar no Brasil: uma necessidade inadiável
Coluna 74 - 24/03/2007 - Hoje, meio século de uma tragédia são-bentense
Coluna 73 - 17/03/2007 - "Eu vi o mundo... Ele começava no Recife"
Coluna 72 - 10/03/2007 - Reminiscências de um menino de São Bento (7)
Coluna 71 - 03/03/2007 - Um fazendeiro são-bentense do século XIX
Coluna 70 - 24/02/2007 - O Rio de Janeiro será sempre o Rio de Janeiro
Coluna 69 - 17/02/2007 - Gilvan Lemos, simplesmente um escritor
Coluna 68 - 10/02/2007 - A Great Western da minha meninice: uma pequena história
Coluna 67 - 03/02/2007 - A declaração universal dos direitos humanos
Coluna 66 - 27/01/2007 - A revolta da chibata
Coluna 65 - 20/01/2007 - A revolta da vacina
Coluna 64 - 13/01/2007 - Apolônio Sales, um estadista de grande valor
Coluna 63 - 06/01/2007 - 2006: Um ano de saldo positivo apesar do pouco crescimento econômico
Coluna 62 - 30/12/2006 - A "Batalha da Borracha", um episódio esquecido da história do Brasil
Coluna 61 - 23/12/2006 - Alguns suicidas famosos (2/2)
Coluna 60 - 16/12/2006 - Alguns suicidas famosos (1/2)
Coluna 59 - 09/12/2006 - Aumentando os conhecimentos gerais (16)
Coluna 58 - 02/12/2006 - Aumentando os conhecimentos gerais (15)
Coluna 57 - 25/11/2006 - Congresso Nacional perdulário, povo paupérrimo
Coluna 56 - 18/11/2006 - Aumentando os conhecimentos gerais (14)
Coluna 55 - 15/11/2006 - Aumentando os conhecimentos gerais (13)
Coluna 54 - 14/10/2006 - Modos de falar diferentes no Brasil e em Portugal (4/4)
Coluna 53 - 07/10/2006 - Modos de falar diferentes no Brasil e em Portugal (3/4)
Coluna 52 - 30/09/2006 - Modos de falar diferentes no Brasil e em Portugal (2/4)
Coluna 51 - 23/09/2006 - Modos de falar diferentes no Brasil e em Portugal (1/4)
Coluna 50 - 16/09/2006 - Aumentando os conhecimentos gerais (12)
Coluna 49 - 09/09/2006 - Aumentando os conhecimentos gerais (11)
Coluna 48 - 02/09/2006 - Aumentando os conhecimentos gerais (10)
Coluna 47 - 26/08/2006 - Aumentando os conhecimentos gerais (9)
Coluna 46 - 08/07/2006 - Aumentando os conhecimentos gerais (8)
Coluna 45 - 01/07/2006 - Aumentando os conhecimentos gerais (7)
Coluna 44 - 24/06/2006 - Aumentando os conhecimentos gerais (6)
Coluna 43 - 17/06/2006 - Aumentando os conhecimentos gerais (5)
Coluna 42 - 10/06/2006 - Aumentando os conhecimentos gerais (4)
Coluna 41 - 03/06/2006 - Aumentando os conhecimentos gerais (3)
Coluna 40 - 27/05/2006 - Aumentando os conhecimentos gerais (2)
Coluna 39 - 20/05/2006 - Reminiscências de um menino de São Bento (6)
Coluna 38 - 13/05/2006 - Aumentando os conhecimentos gerais (1)
Coluna 37 - 06/05/2006 - Reminiscências de um menino de São Bento (5)
Coluna 36 - 29/04/2006 - Os planetas e seus satélites
Coluna 35 - 22/04/2006 - As impropriedades do quotidiano do brasileiro (2)
Coluna 34 - 15/04/2006 - As impropriedades do quotidiano do brasileiro (1)
Coluna 33 - 08/04/2006 - Nome de rua não deve ser mudado
Coluna 32 - 01/04/2006 - Brasil, nova potência petrolífera mundial!
Coluna 31 - 25/03/2006 - Reminiscências de um menino de São Bento (4)
Coluna 30 - 18/03/2006 - Biodiesel: um combustível social e ecológico
Coluna 29 - 11/03/2006 - Os livros de Sebastião Cintra
Coluna 28 - 04/03/2006 - Um sábado sangrento no Recife
Coluna 27 - 25/02/2006 - O início do resgate da nossa dívida social
Coluna 26 - 18/02/2006 - Fim da pobreza mundial até 2015
Coluna 25 - 11/02/2006 - Reminiscências de um menino de São Bento (3)
Coluna 24 - 04/02/2006 - Aspectos gerais da lei de responsabilidade fiscal
Coluna 23 - 28/01/2006 - Pernambuco começa a sair da letargia
Coluna 22 - 21/01/2006 - Perfil demográfico no mundo rico
Coluna 21 - 14/01/2006 - Brasil, potência mundial em 2020
Coluna 20 - 07/01/2006 - Os gatunos da esperança
Coluna 19 - 31/12/2005 - Josué Severino, o mestre e a Banda Santa Cecília
Coluna 18 - 24/12/2005 - Reminiscências de um menino de São Bento (2)
Coluna 17 - 17/12/2005 - Pequenas idéias para o desenvolvimento de São Bento do Una
Coluna 16 - 10/12/2005 - Do Estado pouco ou nada espero
Coluna 15 - 04/12/2005 - A América do Sul e o nazismo
Coluna 14 - 27/11/2005 - A Venezuela bolivariana de hoje
Coluna 13 - 26/11/2005 - Reminiscências de um menino de São Bento (1)
Coluna 12 - 13/11/2005 - A crise argentina
Coluna 11 - 13/11/2005 - A saga de Delmiro Gouveia
Coluna 10 - 10/11/2005 - O velho na legislação brasileira
Coluna 9 - 31/10/2005 - O projeto São Francisco
Coluna 8 - 24/10/2005 - Correio eletrônico, maravilha do nosso tempo
Coluna 7 - 13/10/2005 - Um século sem presidente paulista
Coluna 6 - 09/10/2005 - O Grande Pronome 'Lhe' Morreu!
Coluna 5 - 29/09/2005 - Brasil 2005 - Uma Economia Mais Forte
Coluna 4 - 22/09/2005 - As Vestais da Moralidade Pública
Coluna 3 - 15/09/2005 - Mordomia & Nepotismo
Coluna 2 - 07/09/2005 - Tratamento de Excelência
Coluna 1 - 07/08/2005 - Hiroshima - uma covardia inominável


©2003-2017 - Portal São Bento do Una